Filme: Caminhos da Floresta

em:

Título Original: Into The Woods
Lançamento: 29 de Janeiro de 2015
Com: Meryl Streep; James Corden; Emily Blunt; Anna Kendrick; Chris Pine; Johnny Depp; Lilla Crawford; Daniel Huttlestone.
Gênero: Musical

Passaram-se gerações e os contos de fadas foram adotando formas distintas de suas origens obscuras. A violência presente em histórias como “Chapeuzinho Vermelho” e “João e Maria” foram totalmente amenizadas para dar espaço a conclusões que valorizassem alguma moral. Agora voltado ao público infantil, os contos de fadas fizeram as meninas acreditarem na existência de um príncipe encantado e os meninos a se imaginarem como heróis destemidos.
A verdade é que a ingenuidade dos contos de fadas, especialmente no tratamento conferido às mulheres, que sempre dependem de um cavalheiro para lhe salvarem do perigo e garantir o felizes para sempre, já não convence uma geração de pequenos que andam perdendo a inocência de modo precoce. Fábrica de transformar a fantasia em realidade (leia-se filmes e atrações de parque temático), a Disney entendeu o recado e anda promovendo uma verdadeira revolução em seu baú de histórias.


Após a animação “Frozen – Uma Aventura Congelante” e “Malévola, a Disney agora traz o musical da Broadway “Caminhos da Floresta”, lançando um olhar diferente do que conhecemos sobre os contos de fadas. No entanto, ao invés de subverter papéis, “Caminhos da Floresta” se mantém fiel justamente às raízes dos contos que se apropria, muitos antecipando as versões definitivas dos irmãos Grimm.
Tudo se inicia em uma pequena vila de um próspero reino... esse detalhe não fica explícito durante o filme, mas, se tratando de uma história onde os contos de fadas se unem para formar um novo conto de fadas, acredito que não estou cometendo algum delito ao acreditar que o reino era próspero. Durante um dia comum, diversos personagens (criados pelos Grimm ou pelos próprios criadores do musical) fazem desejos. Um destes desejos vêm de um Padeiro (James Corden) e sua mulher (Emily Blunt), que sonham em ter um filho. Em meio a cantoria e apresentação dos principais personagens da nossa trama, surge a bela, encantada e maravilhosa Meryl Streep, em seu papel de bruxa. A bruxa aparece para o Padeiro e sua mulher e propõem uma troca, caso os dois conseguissem todos os ingredientes para uma poção que quebraria sua maldição, ela daria um filho ao Padeiro e sua mulher.



O que mais me surpreendeu foi a mensagem que o musical passa, toda a história esta baseada na humanidade de cada parsonagem, nas suas próprias escolhas, e com isso nas consequencias delas. a história tem o fabuloso mundo encantado da disney sim, mas o que vemos são personagens que erram, e que buscam concerta seus erros.